quarta-feira, 6 de maio de 2015

Correndo atrás

LEGISLATIVO DEVERÁ TER O MAIOR NÚMERO DE POSTULANTES A UMA VAGA

Dado o grande desgaste do Poder Legislativo baraunense, muitos nomes surgem do nada e aparecem como novidade, mesmo que muitos deles não carreguem  bagagem de luta ou de defesa em favor de Baraúna.
Qualquer pessoa tem o livre direito de concorrer e acreditar que é possível fazer diferente, para tanto, vale ressaltar que a Câmara Municipal não precisa apenas de trocar seus acentos e sim, trazer para o debate gente que tenha devoção pelas causas sociais, politicas e Comunitárias. Não basta ter um nome carimbado para o pleito.
Nas conversas e bastidores várias figuras aparecem e logicamente afinarão o discurso para cooptar votos, outros bem aquinhoados acreditam na força do dinheiro e esquecem que uma campanha não pode ser levada nos peitos. Tem que ter histórico, um partido que ofereça um quociente acessível para se obter uma cadeira. Em caso de não haver a coligação os partidos terão que se rebolar para montar seu elenco e convencer o eleitor dos nomes que tem...


A salada de Partidos dificultam nessa montagem de nomes, poucos querem saber o que cada um representa e qual sua bandeira. A nível de PV - Partido Verde, se faz necessário a identidade com os fundamentos que defendemos: A PLURALIDADE - A SUSTENTABILIDADE - A DIVERSIDADE - A CULTURA DA PAZ - O BEM ESTAR ANIMAL - A VIDA - CIDADANIA FEMININA - O PACIFISMO  e o MUNICIPALISMO.
E temos ainda que zelar por um quadro de filiados que não sejam adverso ao que pregamos. Não podem se filiar ao Partido Verde, indivíduos  comprovadamente responsáveis  por violação dos direitos humanos, agressão ao meio ambiente ou corrupção, bem como atitudes ou manifestações  ofensivas ou discriminatórias a origem étnica, a condição sexual, de gêneros  e á crença. 

Diante do que se apresenta outros partidos procuram preencher seus quadros. Sem a coligação cada agremiação precisa ter cerca de 17 candidatos, sendo formado por 30% de Mulheres. 
PSD/PR/PT/SDD/PROS/PMDB/PTdoB/PSB/DEM/PV/PDT/PHS/PSDB e PMN, quinze diretórios instalados no município, e cada um, corre para atrair filiados e pré-candidatos. 

O PMDB conta com dois vereadores e vem se preparando para compor seu elenco, alguns nomes despontam como novos filiados:Lourão do Milho, Roldão Rosa, Leandro Medeiros, Marcos Antonio, Fabrício, Berg da Madeireira, Juninho do velame somando aos que vão sendo sondados. O partido quer eleger pelo menos quatro vereadores. 

Quem se destaca nesse espaço ainda são as novas figuras que se apresentam como potencial, entre eles, Luciano Testinha, Larton Viana, Zezé da Agrícola, Canindé Salviano, Fabiana, Aldivan, Fábio Junior, Mikael Costa e Sanandreia Lopes, entre outros. 

Pelo visto, o que mais preocupa são as acomodações que cada um deve ocupar. Muitos são cientes de que num partido que já detém mandatários, pessoas de peso eleitoral e experiente, simplesmente podem sobrar na conta. O correto é se enfileirarem nos partidos menores que sabem dirigir esses espaços. 

terça-feira, 5 de maio de 2015

Bloco busca unir nome

GRUPO DE APOIO A ROBINSON EM BARAÚNA SE FORTALECE EM DEFESA DE UM NOME 
Flávio Matias é um dos nomes com chances

Na eleição passada o bloco formado por parte da oposição se uniu em torno da candidatura do atual governador Robinson Faria(PSD), nesse contexto uma fatia  dessas lideranças querem adequar um nome que vise o consenso e o apoio do governo do estado.
Nessa conjuntura o bloco se articula em busca de nomes que possam  puxar a campanha sucessória em 2016, trazendo para a opinião pessoas com respaldo para enfrentar o embate. 
A campanha do governador nasceu na casa do ex-vereador Marcos Fábio(PV), endossada por Divanise Alves(PSD), Flávio Matias(SDD) e ainda Tértulo Alves(PMN), que foram uma especie de carro chefe na época. Sendo que outras figuras atrelaram ao projeto e que embora fazem parte atualmente de uma corrente divergente da oposição. 
O bloco do PSD se reuniu recentemente na casa da vereadora para traçar uma linha que possa reorganizar figuras importantes no processo, hoje deixada de lado.
Nessa missão não estão na cota o PR, PSB e nem o PT, já que cada um tem sua performance politica destoante do que pensa a oposição encabeçada por parte dos vereadores.
Uma grande reunião está sendo traçada com o aval do PSD, PV, PCdoB, SDD e PMN, que não implica na composição com outros partidos que naturalmente serão envolvidos como é o caso do PHS e PSDB. entre outros. 
Dentro desse quadro nomes se dispõem a contribuir na costura e depois avaliado: DIVANISE, TÉRTULO ALVES  e  FLÁVIO MATIAS saem na dianteira e na empatia de parte desse bloco. 

OPOSIÇÃO SE PREOCUPA COM FRAÇÃO DE GRUPOS
Valdeci um nome importante à ser ouvido

A verdade é que quanto mais nomes melhor para a situação, tendo em vista que em caso de disputa com cerca de quatro ou cinco nomes a vantagem vai para a gestão atual .
Essa observação é baseada nas pretensões divergentes que correm por fora, JOÃO SALDANHA E FÁBIO MOURA(DEM), sabe-se que Aldivon tem sido defensor da candidatura de Fabinho com sua esposa na vice de chapa, preterindo nomes importantes. 
Na base governista vem o atual secretário de Finanças, Adjano Bezerra e ainda o nome de Marcos Antonio  da secretaria de Educação, ambos do PMDB. 
O PT que aproveitar o espaço junto ao governo e compor uma chapa que dificilmente será abraçada pelo PSD local e seu bloco. Nada é impossível.
Dos partidos organizados Valdeci Junior sai na frente com um bloco forte e unido para cair de qualquer lado que abraçar suas ideias e projetos. Valdeci do PHS é um articulador de mão cheia e atuante. 
Em todo esse quadro podemos avaliar que em 2016, teremos no minimo três candidaturas majoritária, podem apostar. Bloco do governo do estado, da prefeitura e do ex-prefeito Aldivon. 


Pesquisa

PR CONTRATA EMPRESA PARA SONDAR QUADRO POLITICO DE BARAÚNA 

O ex-prefeito Aldivon Nascimento, presidente do PR de Baraúna, não tem dado trégua e corre por fora para arregimentar seu grupo e mostrar que não está morto.
Aldivon péga a onda do desgaste para colher junto a opinião pública o grau de insatisfação do eleitor, quem melhor administrou e se o eleitor está disposto a votar num candidato seu a sucessão de Luciana.
A pesquisa foi sondada na semana passada e não esconde seu intento. Na mostragem destacou cinco nomes para uma eventual corrida sucessória em 2016 para prefeito. Dentre estes, FÁBIO MOURA(DEM), DIVANISE(PSD), FLÁVIO MATIAS(SDD), ADJANO BEZERRA e MARCOS ANTONIO(PMDB). 
Não se sabe ao certo se terá coragem de mostrar aos seus aliados e debruçar sobre uma nova costura que ora o PR se ver sozinho e sem aliados fortes. Diante do que pode apontar o quadro sua ideia é indicar sua esposa para uma condição de vice numa chapa possivelmente vitoriosa. 

NOMES QUE FICARAM FORA DA SONDAGEM
Saldanha(DEM), Daniel Pereira(PSDB), Odilon do Juremal(PTdoB), Rosan Soares(PSC) e Ruberlandio(PT).

Grito de alerta

PRESSIONADO, SECRETÁRIO SAI EM DEFESA DO EXECUTIVO
FOTO extraida do facebook da secretaria 
O secretário Marcos Antonio de Sousa(PMDB), nunca foi tão pressionado em toda sua vida a frente da importante pasta de Educação. O clima e a espinhosa missão o tem deixado queimado mediante colegas professores.
Na gestão anterior o SINDSERB tinha seu controle e sabia lidar com todos, só que na gestão atual o desgaste tem respingado na sua pessoa. Apos enfrentar inúmeras manifestações, pressão da midia e ainda da classe, teve que sair do muro e cair em defesa do executivo.
Marcos desabafou em entrevista da Intertv/costa Branca, quando esteve aqui para ouvir e cobrir manifestantes.
Na retaguarda alertou que desde agosto do ano passado que não se tem verba para  Merenda, alguns programas foram suspensos e muito pior, o FPM maior receita do município vem sendo bloqueada.
O que leva Baraúna passar por tudo isso?  Quem poderia dar melhores explicações e com obrigação era a prefeita Antonia Luciana(PMDB), mas não dá.
O secretário se ver entre a cruz e a espada com tanta problemas  e ainda pior é ter que cortar a própria carne, diminuindo funcionários e tirando vantagens daqueles acostumados com o bem bom do poder.
O fato é que tudo tem um alto custo e Marcos Antonio terá ue se desdobrar doravante para melhorar sua imagem diante da opinião publica, já que é um dos pré-candidatos a vereador em 2016 pelo partido de Luciana.
Essa missiva lhe trás desgastes e compromete cada vez a sua carreira. Usufruir do poder tem um preço e ele tem pago caro por isso.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Em seu tempo

COBRANÇAS IMPLICAM NO CUMPRIMENTO DE MAIS AÇÕES
A série de protestos e revindicações proveniente dos segmentos organizados e ainda de parte da população dão vazão a outras demandas que muitas as vezes passam por despercebidas.
Exigir melhor salário para o funcionalismo é um prélio e acima de tudo uma obrigação cumprir pelo menos aquilo que é de direito.
O município de Baraúna passa por uma onda de insatisfação generalizada fruto da instabilidade e o do imbróglio jurídico que se arrasta desde o ano passado. Contudo, vários fatores contribuem para o emperramento da máquina e o desajuste da gestão municipal. São programas que deixaram de ser selados, falta da prestação de contas do entra e sai de prefeitos e ainda o acumulo de problemas oriundos da situação que eleva o pessimismo e má fé com o gestor.
As costuras para se garantir a governabilidade é cara, o poder vislumbra a ostentação e atrai inquilinos que só pensam em sua maioria  se darem bem... E o município vive o dilema do desprezo e da falta de satisfação do povo.
Não tem sido fácil aceitar esse quadro e ainda pior,  ter que conviver com ele, queira ou não.
O lixo que impera nas ruas, o mato que toma conta do logradouros, os canteiros feios e sujos, as praças com aspecto do abandono, pavimentação revirada e ruas cheias de entulhos pela falta da operacionalização  da máquina. É um Deus nos cauda em nossa capenga infraestrutura.
Sem contar que as escolas também atravessam o descaso, a merenda escolar que é fraca e não ha Conselho da Merenda que poossa cobrar efetivamente. A Educação carece de capacitação, discussão ampla para o envolvimento maior do aluno e vale lembrar que esse ano é o tempo que se tem para o  indice avaliativo do FUNDEB, será que não vamos definhar?
A saúde nem se fala, por mais que achem que manter um médico de plantão, ajuda, mas não é tudo. Muita gente que sofre a espera de realizar exames importantes, que  precisam de medicamentos e não conseguem sanar o alivio de sua doença. Baraúna tem um alto indice de casos de cancer e a prefeitura pouco faz para o alerta e maior atenção a esssas humlides pessoas.
A cidade vive em polvorosa com a onda de insegurança e na zona rural não e diferente. Crimes sem solução, droga que domina e assaltos na luz do dia como fossemos uma metrópole...
Desse resultado vale lembrar que a concesssão de beneficos aos servidores devem ser atrelada ao bem coletivo tambem. Precisamos de maior empenho dos agentes de saúde e endemias que mal sabemos seus passos. A vigilancia sanitária que não fiscaliza a seboseira do Mercado a imundice do abatedouro e o desprezo do local do Peixe. Uma vergonha à todos!
Dependemos de autoestima para os professores ensinarem com afinco e amor, que os alunos sejam motivados com atividades de lazer e cultura,  e assim atentar para a boa educação. 
Por tudo, acredito que ainda ha tempo de fazer alguma coisa. Tudo é uma questão de prioridade e vontade politica, quando a gente quer a gente pode. 

PR em ordem


ARIMATÉIA AJUDA NA REORGANIZAÇÃO DO PR DE ALDIVON 
Experiente e com transito livre nos bastidores o lider comunitário assume a missão de buscar e atrair novos inquilinos dispostos a bancar fileiras na sigla do PR local.

Dos poucos amigos que restaram, mesmo assim, Aldivon, tenta dar a volta por cima e  encabeça o comando de seu partido para tentar reerguer a agremiação e montar um bloco para o embate que se avizinha. 
Com Arimatéia que já conhece os que atuam  no segmento ele já conta com cerca de 13 nomes dispostos a enfrentar uma pre-candidatura ao Legislativo em 2016. E são nomes já conhecidos na politica, pessoas carimbadas e que sonham um dia chegar a ter um assento na casa do povo. 
Dos nomes em destaque listados pelo próprio PR elencamos os seguintes pré-candidatos que o PR assegura possível registro na campanha:

  1. ARIMATÉIA AZEVEDO;
  2. IRMÃ ROZEIRA;
  3. NEUSA OLIVEIRA;
  4. HELENA DE LAIR;
  5. ANINHA DE ROBERTÃO;
  6. IRMÃ IZELDA;
  7. GILVAN XAVIER;
  8. JOÕAO FISCAL;
  9. MIRIAM;
  10. ARTILIO;
  11. GISELE ROMÃO;
  12. ALDIVAN GALDINO;
  13. ANDREAZZO;


sexta-feira, 1 de maio de 2015

Paz e amor

PREFEITA CEDE PRESSÃO DOS PROFESSORES E CONCEDE AUMENTO
A prefeita Antonia Luciana (PMDB), não teve alternativa e acabou cedendo a pressão dos professores, cuja situação já vinha prejudicando os alunos da rede municipal de ensino. 
O impasse seria a cessão do reajuste na ordem de 13,01% o qual esse valor obedece o índice nacional do piso do Magistério.  Os professores vem desde de Janeiro na cobrança e ameaçando com as greves e o desgaste era grande ao ponto de acuar o executivo. 
Depois de várias mobilizações, paradas e a greve que culminou com a imprensa dando cobertura na opinião publica o jeito foi ceder mesmo.
A reunião para conter esse impasse deve-se a luta do sindicato da categoria, a peleja do advogado João Saldanha e ainda parte da oposição que batia sem dó. Na conversa a prefeita despojou-se de 6,5%, que acabou sendo acatado pela classe. Vitória da oposição que soube pressionar e muito mais feio para situação que não consegue abrir o dialogo na hora certa e ganhar os louros desses méritos. 

A FEIRA TAMBÉM FOI VENCIDA NO GRITO
Depois de anunciar um decreto Municipal e causar celeuna entre alguns pequenos feirantes  e ainda causar dissabores com aliados e ainda cair no descrédito da palavra e autoridade, mais uma vez valeu a pressão dos que fazem oposição com maestria. E o velho ditado que prevalece,  ou dar ou desce. 
A feira coube ao CDL o entendimento com a prefeita, onde representa a classe lojista. Sendo que de nada valeu e quando foi na prática para calar um segmento teve que ser alertada pelos os algozes que fizeram fileira e derrubaram suas ordens,  com suspensão aos que que ousaram descumprir, se indispôs com a direção do Mercado e ainda botou a policia para espantar quem se instalasse no local da tradicional feira dos domingos. 
E com a força dos contras ela acabou cedendo de novo e esqueceu que desagradou mais de 300 comerciários que sempre sonharam com o descanso do domingo. Os comerciantes atrelaram o fechamento do mercado com comercio. Imposição para que todos deixassem de funcionar, inclusive com abaixo assinados em mãos. De nada adiantou, somente o desgaste da prefeita que mesmo cedendo fica a péssima imagem de que é um poder que não disse a que veio. 
Contudo, a feira será retomada domingo para honra e gloria dos que defendem o quanto pior melhor prefeita. Parabéns aos feirantes e Wilson Cabral que saem vencedores nesse embate ...

SEMPRE DEFENDI E LUTEI PELO FECHAMENTO DO COMERCIO AOS DOMINGOS
Como comerciário que fui e sei que ninguém sabe como é ruim ter que trabalhar feriados e domingos, pude hastear essa bandeira de luta pelo fechamento do comercio local aos domingos, tanto que consegui. E não me detive pensando que A ou B iria ficar com raiva dessa atitude, pois defendo o direito do descanso se não me negarei a isso.tanto que enfrentei sozinho Trabalho aos domingos pra mim e escravidão.
Alguém pensou em me queimar porque fui firme nessa medida quando vereador e quiseram imputar que essa medida da prefeita era Lei minha, Mentira deslavada, não tem lei nenhuma que proíba o fechamento de feira e acabe a tradição, pois nunca ventilei isso.  A feira é tradição, o mercado é de competência da prefeitura e não fui alem disso... O que se demonstrou aqui dessa vez foi o apelo da CDL com o val de 90% dos comerciantes locais que embora depois alguns voltassem atrás. Somente isso, a prefeita atendeu um segmento organizado e não a mim, agora muda de ideia, não sei se foi louvável e se alguém vai lhe aplaudir, pelo o contrário tão gozando da falta de autoridade e de que ela prova que não manda bulufas alguma. 
Se os comerciantes vão reabrir as lojas, supermercados e voltar o trabalho aos domingos cabem ao CDL, Sindicato dos Comerciários e a prefeita se entenderem e apagarem mais um dos tantos problemas criados nessa terra tupiniquim de Barauna.  

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Painel Municipal IV

FABRÍCIO DA EQUIPADORA ASSUME COMANDO DO MERCADO CENTRAL 

Com a árdua missão de organizar o mercado público "João Nepomuceno da Silveira", o comerciante Fabrício terá pela frente o comando daquela unidade pública. 
A sua nomeação se deu pela boa relação com a prefeita Antônia Luciana de Oliveira(PMDB), que tem como seu aliado de partido e ainda um pré-candidato a vereador em 2016, 
O seu empenho será ainda de dar uma cara nova ao mercado, conquistar novos inquilinos e abrandar o mal estar implantado devido a decisão por decreto que fechou a feira aos domingos. Fabrício não fará jogo mole, quer o respeito de todos dali e ainda obedecerá as ordens da prefeita, doa a quem doer. 
Me disse ainda que tem bons planos e se Luciana lhe der carta branca aquele mercado não será nais  o mesmo. "Tive com a prefeita e se ela me der condições irei fazer a diferença naquele mercado".Lembra Fabrício.
No tocante ao fechamento do mercado ele obedece e defende o seu cumprimento, é também membro da CDL e cabe a todos cumprirem o decreto imposto pela prefeita. 

BARAÚNA É DESTAQUE NA IMPRENSA POR INÚMEROS  PROBLEMAS 

A Midia ontem deu destaque geral em uma série de problemas que a administração municipal enfrenta, A greve dos professores, a luta por mais um plano de cargos e salários para demais categorias, a reclamação dos feirantes do mercado e ainda a denuncia de que o TCE - Tribunal de Contas do Estado fez alusão a falta de adequação junto a licitação da coleta de lixo que no ano passado chegou a 7,5 milhões a qual  não destaca como vem sendo aplicado o recurso. 
Por aqui, sabe-se que a coleta é a maior dor de cabeça, o lixo impera nas ruas e deixa muito a desejar.

CÂMARA NO CAMPO DA DISCÓRDIA 
Os trabalhos da Câmara não apresenta nenhum assunto ou tem que possa contribuir para amenizar os problemas que a cidade enfrenta, pouco se tem visto a preocupação do Legislativo. Não há empenho maior, embora um ou dois vereadores se esperneiem para criticar e apontar a situação, com a minoria a oposição desliza e fica amputada sem fazer nada. 
O fato é que o discurso é dissonante e até diverge do que prega a situação. Tem vereador que tenta agradar nos bastidores sendo solidário em alguns acontecimentos, mas na prática não funciona e se esconde  por trás da prefeitura. 
Recentemente o vereador do PT, Ruberlandio Queiroz, ensaiou sua saída da base, entregou a secretaria, no entanto não se depreendeu de outras benesses, chegou até a se posicionar contra em alguns problemas, e infelizmente não ganhou gás.
Joãozinho da Aroeira(PMDB), retornou ao mandato depois da queimação na comunidade em que atua, sua passagem pela secretaria de Turismo, não deixou nenhum rastro, apenas deu descanso seu mandato. Joãozinho sabe da cobrança e pretende pelo menos ficar próximo e usar de seu cargo para cobrar seu espaço no governo.

SANDRO BEZERRA NO COMANDO DA HABITAÇÃO SOCIAL
Com a saída de Ana Fábia, indicação do PMDB, o pedetista Sandro Bezerra, acaba ocupando o espaço e garantir mobilidade no governo de Luciana Oliveira.  A sua Ascensão ao cargo foi solitária pelo o que consta, não é um prélio dos que fazem o PDT, e sim, uma investida pela confiança em que a base administativa tem ao seu nome. 
O partido fica na retaguarda e naturalmente vai de deslanchando para atrair os que estão fora do governo. O pré-candidato a vereador  e ex-secretário Alexandre Almeida, não faz objeção a nenhuma costura atual, tem endossado a posição do PDT, como diz o ditado quem cala consente. 
Sandro Bezerra era presidente da Fundação de Cultura e por lá, nada fez e se quer deu sinal de vida aquela tão importante autarquia. 
Sua vontade e seus sonhos é de contribuir e ajudar com sua capacidade, infelizmente não depende dele. 

PROFESSORES CONTINUAM EM GREVE
Na esperança de um dialogo e de resolver a questão do aumento natural dado pelo governo, os professores ficam o pé e não abrem da greve, querem o reajuste de 13,01%, retroativo a janeiro. 
A secretaria de Administração já chegou a se reunir com classe e pediu trégua para que até o final do més vindouro possa ser resolvida a situação. 
O SINBDSERB vai pela decisão da maioria e quer pelo menos uma proposta concreta e que no caso não acontece, sem a confiança prefere a greve. 
Já as demais categorias que apelam pelo Plano teve um sinalizador para o dia 28 de Maio e é ai, quando deve se renegociar o encaminhamento do Projeto para Câmara. 

SEGURANÇA É UMA QUESTÃO DE ORDEM
A vereadora Divanise Oliveira(PSD), Flávio Matias(SDD), Tértulo Alves(PMN), radialista Wilson Cabral e ainda acompanhado do vice prefeito Edson Barbosa(PV), seguem para uma reunião com o comando da Policia Regional, a fim de reivindicarem a permanência dos policiais que estão em diligencia no município. 
De acordo com informes a prefeita alega não poder cumprir com a s diárias dos policiais e com isso, a policia deve deixar de atuar já que não tem o apoio necessário da municipalidade. 
A vereadora acredita que uma conversa poderá pelo menos prolongar a permanência do efetivo por mais um período. O seu apelo vai direto ao governador Robinson Faria. 
A reunião está marcada para o meio dia de hoje no 2º BPM de Mossoró; 


segunda-feira, 27 de abril de 2015

Risco

Municípios sem portal da transparência podem ficar sem repasses voluntários

mapa mp
Levantamento sobre portais da transparência foi detalhado pelo Ministério Público Estadual e Federal, Tribunal de Contas da União e Controladoria Geral da União em coletiva à imprensa, nesta segunda-feira (27), na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em Natal. Cinquenta e quatro municípios do Rio Grande do Norte ainda não têm Portal da Transparência. Além disso, 115 dos Executivos municipais potiguares não divulgaram nenhum dado financeiro do ano de 2015, em afronta à legislação.  Essas prefeituras poderão sofrer a suspensão dos repasses de recursos provenientes de convênios do Estado e da União.
A sanção é uma das medidas previstas para os municípios irregulares com as exigências da Lei de Acesso à Informação (Lei n ° 12.527/11), e a Lei da Responsabilidade Fiscal, que visam a maximizar a transparência pública, e trouxeram conceitos e exigências quanto aos pedidos de informações, além de enfatizar normas para a transparência por intermédio dos portais da transparência. Dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, 65% (113) possuem Portal da Transparência, mas apenas 31% (52) estão com algum dado de 2015 em seus sítios eletrônicos.

Últimas postagens

 

Follow by Email